Nesses últimos dias fiquei encucado sobre o que postar aqui no blog, muita coisa rolando mas eu sempre postergando o post, pois bem, hoje decidi que era a hora de arranjar um tempo e escrever algo.

Hoje viajando e lendo umas coisas por ai, acabei me deparando com esse ambiente de programação dinâmico (não, não tem nada a ver com programação dinâmica, que estou guardando um post há tempos…) chamado Processing . Segundo os autores, processing é bem mais que somente mais um ambiente de aprendizado de linguagens de programação, ele se propõe a ser uma IDE para desenvolvimento de obras de arte, sejam elas músicas, pinturas ou animações. Tem um bocado de screenshot lá, algumas com coisas bastante sofisticadas, como a estrela de Kock e uma simulação de fumaça . A linguagem utilizada é java-based e parece ser bem simples de usar. E só pra ir na onda do Paul Graham, copy what you like, amanhã ou depois, vou estar postando um código demonstrando as torres de hanoi em processing, imitando o Amit Singh. A razão de não fazer isso hoje é por conta do Google Code Jam Latin America, cujo Round 1 vai se dar amanhã e eu, felizmente, consegui uma vaga entre os 500, tomara que dê pra chegar entre os 50. Foi legal a participação até agora porque dei uma desenferrujada em assuntos que não via há algum tempo, e principalmente porque vou ver se dá pra participar de alguns campeonatos de algoritmos no topcoder.

that’s all, folks.

Anúncios