E chegou a hora de tirar a poeira daqui, tem muita coisa acontecendo e, com minha memória de rato, acabaria esquecendo de de relatar algum fato interessante, ou de levantar alguma questão de valor.

Bem, o que dizer então? Android? Nah, isso merece um post por si só… (só um adendo, já tem gente gerando os builds de android no ant)

E até que enfim consegui achar uma figura que deixa bem claro por que Go é tão mais complicado que xadrez pra simular no computador.

E tô de volta a programação funcional, agora com python e lendo vorazmente o “purely functional data structures” do okasaki, pena que ainda não consegui descobrir o que tem de difernete do livro dele pra o pdf da dissertação de mestrado do mesmo.

P.S.: Dei uma relida nesse post e tá caótico. Vamo ver se nos próximos eu consigo ser mais conciso.

Anúncios